Connect with us

Cidades

Pernambuco completa dez meses de redução de homicídios

Publicados

Data:

Em setembro de 2018, Pernambuco registrou um total de 320 ocorrências de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), o que representa uma redução de 22% em relação a setembro de 2017, quando foram registrados 411 desses crimes. Com isso, o Estado já conta com dez meses consecutivos de redução de homicídios quando se compara com o mesmo período do ano anterior. No consolidado dos nove meses, a redução também chega aos 22%. No total, foram 3.232 homicídios registrados pelas polícias entre os meses de janeiro e setembro de 2018, enquanto no mesmo período do ano passado, haviam sido contabilizadas 4.143 ocorrências.

Observada em todas as regiões do Estado, a redução atingiu a marca de 39% no Agreste, que contabilizou um total de 53 homicídios, neste ano, contra 87 em setembro do ano passado. Logo em seguida, vem a Região Metropolitana do Recife (exceto a Capital) com uma redução de 21,5%. Nesses 14 municípios aconteceram 91 casos no mês passado, contra 116 em 2017. Na Zona da Mata e no Sertão, a redução chegou a 6% e 5,5%, respectivamente. Na Mata, foram 78 CVLIs em setembro (contra 83 no ano passado), enquanto os municípios sertanejos somaram 51 ocorrências (contra 54 em setembro passado).

Nas duas regiões com maior redução de CVLI, os destaques ficaram por conta da Área Integrada de Segurança 6 (AIS 6), que engloba Jaboatão e Moreno e registraram 19 ocorrências, menor número dos últimos 61 meses, que perdeu apenas para agosto de 2013. No Agreste, a AIS 15, que engloba nove municípios e tem sede em Belo Jardim, registou seis homicídios, menor resultado dos últimos 39 meses, perdendo apenas para junho de 2015.

Quando se levam em consideração os dados de janeiro a setembro de 2018, o Agreste também mantém a liderança na redução dos homicídios. Ao todo, a queda é de 30,23%, já que houve 637 homicídios este ano, contra 913 no mesmo período do ano passado. As demais regiões também contribuíram para o cenário de queda. Na Região Metropolitana (salvo a capital), o decréscimo foi de 18,72%, saindo de 977 CVLIs para 1.202. Os homicídios também caíram 18% na Zona da Mata (919 para 747), enquanto no Sertão a queda foi de 15%, passando de 506 para 430.

“Ao chegarmos ao 10º mês de queda nos homicídios e ao 13º de redução nos roubos, verificamos a consistência das ações de segurança implantadas em Pernambuco. Ao todo, 91 municípios não registraram homicídios em setembro de 2018, sendo que 12 deles não tiveram nenhum assassinato este ano. Temos novas ações para colocar em prática, ajustes operacionais a serem feitos, equipamentos e unidades para entregar, o que nos dá a confiança de seguir fazendo a criminalidade recuar e perder espaço em todas as regiões do Estado. Vamos trabalhar, a cada dia, para intensificar a prevenção da violência e proteção dos pernambucanos”, avaliou o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

CAPITAL – No Recife, a redução dos CVLIs chegou a 33% em setembro. No mês passado, foram 47 homicídios registrados, contra 71 casos notificados em setembro de 2017. Entre os meses de janeiro e setembro de 2018, a redução desse tipo de crime foi de 26,87%, com 441 ocorrências. Já no mesmo período do ano passado, haviam sido 603 casos.

Ainda na Capital, destaque para a Área Integrada de Segurança 2 (AIS-2), que engloba 21 bairros da Zona Norte da cidade (Peixinhos, Arruda, Espinheiro, Graças, Iputinga, entre outros), e registrou, em setembro, apenas 1 CVLI, menor número dos últimos 50 meses, remetendo a julho de 2014, quando não houve registro de assassinatos em toda a localidade. Já na Zona Oeste, a AIS-4, com 24 bairros (Afogados, Bongi, Curado, Engenho do Meio, Torrões, Várzea, entre outros), registrou 7 homicídios, a menor marca dos últimos 57 meses, ou seja, desde dezembro de 2013, quando 4 mortes foram contabilizadas.

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER – Os casos de feminicídio também registraram queda em setembro. Foram 5 registros durante o mês, o que representa uma queda de 17% em relação a setembro de 2017, que contabilizou 6 ocorrências do tipo. No geral do ano, entre os meses de janeiro a setembro, a queda chega a 14% (54 crimes, neste ano, contra 63 no mesmo período do ano passado).

Em setembro deste ano, as notificações de estupro diminuíram de 217 para 180 em contraposição ao mesmo mês no ano passado, um percentual de redução de 17,05%.

As vítimas de violência doméstica contra a mulher também estão registrando mais denúncias contra agressores este ano. A somatória dos registros policiais desse tipo de crime, entre janeiro e setembro, foi de 28.989, 19,64% acima dos 24.231 contabilizados no período correspondente em 2017. O aumento do mês de setembro, notadamente, chegou a 16,96%, saindo de 2.747 casos no ano passado para 3.213 este ano.

MOTIVAÇÃO – Em setembro deste ano, 72,5% dos homicídios foram motivados por tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais. Considerando o ano de 2018 até setembro, essa proporção é de 68,95%. Entre as vítimas dos CVLIs perpetrados no nono mês deste ano, 65% não tinham sido submetidas ao sistema de jurisdição criminal, percentual próximo ao do acumulado entre janeiro e setembro, que foi de 63%.

Confira os 91 municípios, mais o Distrito de Fernando de Noronha, que não registraram homicídios no mês de setembro:

Belo Jardim, Toritama, Itamaracá, Ouricuri, Aliança, São Caetano, Trindade, Floresta, Agrestina, Vicência, Bom Jardim, Taquaritinga do Norte, Lagoa do Itaenga, Vertentes, Panelas, Altinho, Água Preta, Joao Alfredo, Cabrobó, Sertânia, Macaparana, São Jose do Belmonte, Belém de São Francisco, Lagoa Grande, Lagoa do Carro, Jupi, Pedra, Caetés, Santa Maria do Cambucá, Lagoa Dos Gatos, Araçoiaba, Afogados da Ingazeira, Itaquitinga, Parnamirim, Iati, Passira, São Jose do Egito, Bodocó, Jurema, Inajá, Tacaimbó, Cortês, Saloá, Tabira, Casinhas, Flores, Chã Grande, Sanharó, Poção, Sairé, Maraial, Orobó, Jatobá, Mirandiba, Jucati, Angelim, Chã de Alegria, Santa Cruz, Triunfo, Manari, Betânia, Ferreiros, Tacaratu, Serrita, Machados, Buenos Aires, Paranatama, Itapetim, Dormentes, Palmeirina, Vertente do Lério, Terezinha, Carnaíba, Verdejante, Santa Terezinha, Calçado, Santa Filomena, Iguaraci, Ibirajuba, Afrânio, Camutanga, Cedro, Itacuruba, Terra Nova, Calumbi, Granito, Solidão, Brejinho, Quixaba, Salgadinho, Ingazeira e Fernando de Noronha.

Desses municípios, 12 (mais Fernando de Noronha) não registraram nenhum homicídio no ano de 2018. Confira a lista abaixo:

Santa Cruz, Serrita, Buenos Aires, Santa Terezinha, Santa Filomena, Ibirajuba, Cedro, Itacuruba, Calumbi, Brejinho, Quixaba, Salgadinho e Fernando de Noronha.

0 Users (0 votes)
Criterion 10
What people say... Leave your rating
Sort by:

Be the first to leave a review.

User Avatar
Verified
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

Show more
{{ pageNumber+1 }}
Leave your rating

Your browser does not support images upload. Please choose a modern one

Copyright © 2017 Copyright Oficial Brasil Design: André Santos